Será que sua empresa está no momento certo de investir em uma estratégia de Inbound Marketing? Estudo de caso

Inbound Marketing virou febre, tudo virou e-book e o marketing digital se resumiu em Inbound. Empresas querem a qualquer custo criar e-books e captar clientes através desta estratégia.

Talvez o que eu vá te falar até de desestimule a investir em Inbound.

Veja estes 3 pontos:

  1. Sua casa está arrumada? Ou seja, seu site está bem feito, com boa usabilidade, layout, otimizado para SEO…
  2. Você tem campanhas ativas de publicidade para trazer o retorno a curto-médio prazo? Campanhas de Google, redes sociais entre outras…
  3. O segmento em que você atua realmente precisa de Inbound Marketing?

Este estudo de caso é pra te mostrar que antes de iniciar no Inbound Marketing você precisa arrumar a casa e entender se de fato essa estratégia funciona para o seu negócio.

Nós aqui na TRIWI temos muita experiência com Inbound e já ativamos muitos projetos de sucesso. Sempre recebemos pedidos de orçamento para projetos de Inbound, e um pedido me chamou atenção, veja o print abaixo.

A quantidade de materiais que esta pessoa pediu é bem incomum. É uma quantidade para empresas bem amadurecidas e que já utilizam o Inbound como algo muito natural dentro da empresa.

Tudo que vocês vão ver aqui foi apresentada por e-mail para a empresa, sinalizando todos esses erros e as melhorias.

Como não conhecia a empresa, fui até o site deles para avaliar os pontos que citei acima e entender o nível de maturidade deles em relação ao Inbound.

Ao acessar o site já me deparo sobreposição de alertas. Ao todo eram 3 alertas que apareceram na tela. Gera uma má experiência do usuário com a marca e com o site. (Ocultei as informações da empresa propositalmente)

Analisei o site no GT Metrix, ferramenta online e gratuita que aponta erros no site e o resultado não foi positivo. Recomendo você testar o seu site aqui: https://gtmetrix.com/

Um site com problemas técnicos faz com que site não tenha uma boa posição orgânica, demore o carregamento, não funcione corretamente entre outros problemas técnicos.

Como podemos ver na análise abaixo, o site em questão apresenta diversos erros e sua pontuação não é nada favorável. A pontuação vai de F a A, sendo F a pior nota e A a melhor nota.

Outra análise que fiz no Google Page Speed Insight. Ferramenta gratuita fornecida pelo Google que analisa o seu site e também te da uma pontuação, além dos erros encontrados. Faça o teste com o seu site https://developers.google.com/speed/pagespeed/insights/?hl=pt-br

Novamente o site apresenta pontuação baixa. Muito baixa! E isso é muito negativo, o site não conseguirá posicionar bem na busca orgânica, campanhas de Google ADs se tornarão mais caras entre outros problemas.

E reforço o que disse antes: é preciso arrumar a casa antes de iniciar com estratégias mais avançadas de marketing digital.

Conteúdo

Analisei também os conteúdos do site, não vou expor aqui os prints pois não conseguiria omitir o nome da empresa corretamente.

O que pude perceber é que a grande maioria das páginas apresenta conteúdo muito pobre. Páginas para download do e-book apenas com a imagem do e-book e um formulário.

As páginas sobre a empresa, serviços entre outras também estava muito pobre em conteúdo. Pouquíssimo texto e ainda não desenvolvidos da forma correta.

Maturidade da empresa no Inbound

Pelo que pude analisar a empresa não é madura para ter uma exigência tão alta como a que pediu. Além é claro dos problemas identificados.

Para concluir

Como dito, muitas empresas descobrem o Inbound Marketing e querem a qualquer custo começar a criar conteúdos e captar clientes, mas não avaliam que para chegar neste nível é preciso deixar a casa arrumada e preparada para uma estratégia mais avançada.

Vale a pena investir em Inbound Marketing? Sim, e muito! É uma estratégia muito boa para gerar leads para o seu negócio. Se bem aplicado, o Inbound pode ser o responsável por muitas oportunidades de negócios.

Nós temos aplicados estratégias eficazes de Inbound para nossos clientes e na prática sabemos o que funciona, como funciona, o quanto funciona e para quem funciona. Muitas vezes, temos que orientar nossos clientes que é preciso dar um passo atrás para depois dar dois passos a frente.

Pense nisso!

JUNTE-SE A NOSSA LISTA VIP

Junte-se a mais de 150.000 pessoas que recebem nossos conteúdos e agendas de workshop

COMPARTILHE CONHECIMENTO

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

ESPERE!

RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS E AGENDA DE WORKSHOPS​