Marketing Digital para Agronegócio

A Agência de Marketing Digital para Agronegócio mais inovadora do mercado brasileiro

O marketing digital para agronegócio pode enfrentar certas barreiras. Pois o agronegócio, normalmente atua com carteiras de clientes já estabelecidas com compradores fiéis e de longa data. 

Essa relação pode dar a impressão de que não há grandes necessidades de investimento em marketing, principalmente o marketing digital.

Hoje em dia, 1% das empresas de agronegócio investem em marketing digital. Mostraremos que esse investimento pode ser essencial para seu negócio e alavancar seus resultados e suas vendas!

Confira.

O que é marketing digital para agronegócios?

O marketing digital para agronegócios vai traçar estratégias específicas para divulgar e fazer seus produtos e serviços serem encontrados pelo público certo e na hora certa. 

A questão é que o mercado agro pode usar dados e tecnologia para conectar seus produtos e serviços não apenas para produtores suficientes, mas sim para os produtores certos.

Como o marketing digital para agronegócio pode ajudar sua empresa?

Como dissemos, o marketing digital para agronegócio usa estratégias para melhorar a divulgação do seu negócio. 

Uma pesquisa da ABMR&A (Associação Brasileira de Marketing Rural & Agronegócio) realizada em 2018, mostrou que 40% dos empresários rurais e produtores agrícolas acessam a internet e 64% deles se conectam através de smartphones. Isso mais que comprova o espaço para aqueles que ousam em suas ferramentas para marketing.

Mostraremos alguns exemplos de como o uso de dados levantados pelo marketing digital para o agronegócio pode ser benéfico. Com essas informações é possível:

  • Identificar os mercados ideais;
  • Aumentar a participação no mercado geral entre suas personas de comprador ideais atuais;
  • Aumentar a participação da carteira entre os clientes atuais, seja com novos produtos que você está levando ao mercado ou por meio de vendas adicionais;
  • Expandir sua pegada em novos mercados e segmentos de agricultores, seja geograficamente ou demograficamente.

Como funciona o Marketing Digital para Agronegócio

Dentro do setor agro, a grande maioria dos vendedores e compradores buscam informações em tv, rádio e, principalmente em eventos do setor. 

Porém essa realidade vem mudando, conforme a pesquisa do Censo Agropecuário do IBGE, que mostrou que houve um aumento de 1790%, entre os anos de 2006 e 2017, no número de produtores com acesso à internet.

Com base nesta informação, veja alguns passos que uma consultoria de marketing digital para agronegócio traçará para colocar em prática a melhor estratégia:

1 – Estabelecer metas

Elencamos alguns exemplos de metas de campanha e como mapear as táticas de marketing para essas metas:

  • Campanhas de marca: Uma campanha de marca pode se beneficiar de uma combinação de marketing de público-alvo e marketing digital direcionado, porque o objetivo final é maior conscientização de sua empresa entre os agricultores.
  • Conscientização: Se o mercado não tem consciência sobre seus produtos, serviços ou experiência, é sua função mostrá-los sobre o valor que você oferece a eles. Blogs, e-books, vídeo, e-mail e mídia social são ótimos canais para compartilhar conteúdo educacional para seu público.
  • Engajamento: Aumentar sua presença online significa não apenas que você precisa gerar conversões, mas também engajamento. Facebook, Twitter e LinkedIn medem o engajamento por meio de três métricas – curtidas, compartilhamentos e comentários. Essas campanhas exigem conteúdo que as pessoas queiram compartilhar no aplicativo da rede social.
  • Conversão: Para gerar uma conversão você precisa veicular anúncios para clientes em potencial; portanto, o marketing direcionado será sua melhor aposta nesta etapa. Certifique-se de que o valor e a oferta sejam claros, a call-to-action seja fácil de seguir e que haja um motivo atraente para clicar.

 

2 – Tenha sua persona definida dentro do seu mercado-alvo

Algumas maneiras de determinar a persona de seu mercado-alvo são análises do:

  • Território geográfico (região, divisão, estado ou condado)
  • Tamanho da operação (receita agrícola bruta ou número de hectares cultivados)
  • Tipo de operação (commodity vs. especialidade, orgânica vs. não orgânica, etc.)
  • Demografia do agricultor (idade, sexo, etc.)

 

3 – Crie mensagens personalizadas para cada segmento

Estas são formas para personalizar seus anúncios e torná-los cada vez mais atrativos:

  • Conteúdo e mensagens: Escreva algo diferente para cada um dentro de seu segmento, dessa forma você vai garantir que esteja abordando seus pontos problemáticos específicos e chamando sua atenção.
  • Visual: Esse recurso segue a mesma linha das mensagens. A mensagem certa pode cativar um cliente em potencial, enquanto a imagem errada definitivamente o afastará.
  • Call-to-Action: Dependendo do segmento específico da agricultura, do estágio do ciclo de vida e se a pessoa que você está almejando é um tomador de decisões ou um influenciador, a frase de chamariz pode precisar ser ajustada, seja para assistir a um vídeo ou falar com os vendedores.
  • Acompanhamento: Clientes e clientes potenciais diferentes irão exigir técnicas de acompanhamento diferentes. As vendas de valores altos exigirão vários toques, enquanto as compras rápidas de e-commerce podem acontecer rapidamente e com pouco acompanhamento necessário.

 

4 – Seja intencional na frequência e no tempo de suas mensagens

Você pode ter o melhor anúncio com a melhor mensagem, mas se entregue no momento errado, pode ser não apenas ineficaz, como também prejudicial para o restante de seus esforços de marketing.

Observe a frequência de suas mensagens; ou seja, com que frequência você está se comunicando com clientes em potencial. Lembrando que você não quer enviar muitas mensagens para sobrecarregá-los. Por outro lado, gerar poucas comunicações significa que você perderá a atenção deles com o tempo e se tornará cada vez menos interessante para eles.

Também é necessário alterar a frequência das mensagens enviadas para seus clientes potenciais e as enviadas para clientes. Os clientes em potencial que acabaram de ouvir sobre sua empresa não precisam ser bombardeados com comunicações. Mas os clientes potenciais perto de fazer uma compra podem estar interessados em comunicações mais frequentes à medida que tomam suas decisões de compra. Da mesma forma, os clientes que acabaram de ser vendidos podem não querer ouvir de você imediatamente, mas depois de seis meses podem precisar ser lembrados do que mais você tem a oferecer a eles.

Além disso, o tamanho de uma empresa específica e a receita potencial dela afetarão a frequência de marketing. Compras maiores requerem ciclos de vendas mais longos, e suas comunicações de marketing precisarão manter esses clientes engajados durante esse período mais longo.

Outro fator a ser considerado é o tempo em relação ao que está acontecendo nas notícias e no setor. Você deseja que suas mensagens de marketing sejam relevantes para o que seus agricultores estão vivenciando.

Sendo a agricultura uma operação sazonal. Há épocas do ano em que o agricultor está interessado em seu produto ou serviço, sem contar que há ocasiões em que ele definitivamente não está interessado porque seus esforços estão focados em outro lugar ou situação. 

Por exemplo, se você vende equipamento de colheita, o meio da colheita provavelmente não é o melhor momento para vendê-lo, ou seja esta é uma venda perdida e você terá que esperar até o próximo ano.

5 – Integre canais de marketing para aumentar seu impacto

Teste e experimente para encontrar a combinação certa de anúncios que agregará o máximo valor. 

Por exemplo, você pode usar anúncios programáticos direcionados para chamar a atenção, anúncios do Facebook para reengajar e e-mail para acompanhar e nutrir leads até que estejam prontos para falar com as vendas.

Um dos princípios básicos do marketing integrado é ter uma mensagem consistente em toda a campanha. Dessa forma, cada mensagem subsequente se baseia nas mensagens anteriores e você está construindo uma presença na mente de seus agricultores.

Depois de ter um objetivo de campanha focando, um público-alvo claramente definido, mensagens personalizadas e entrega de mensagem deliberada, a consistência no marketing integrado acontece naturalmente.

6 – Meça os resultados e análise para melhorar as campanhas futuras

É nesta etapa que voltamos ao objetivo da campanha que estabeleceu no início. 

Uma vez que isso está claramente definido, medir os resultados será automático:

  • A autoridade e o conhecimento da marca devem ser avaliados em termos de alcance do anúncio, número de visualizações e impressões;
  • A conscientização deve ser medida em termos do número de leads qualificados que vão para sua equipe de vendas;
  • O envolvimento deve ser medido em termos de curtidas, comentários, compartilhamentos e cliques;
  • A conversão deve ser medida em termos de número de leads gerados e as taxas de conversão desses leads em novos clientes.
 

Pioneiros em marketing digital para agronegócio

Como você pode ver, o marketing digital pode ser um propulsor para sua empresa. Sabemos que o setor agropecuário é gigante e abraça desde os pequenos agricultores até grandes fabricantes de máquinas e equipamentos rurais.

O agronegócio do Brasil é um dos mais representativos do mundo. Sendo o nosso, o quarto país que mais produz alimentos. Para completar, pesquisas de especialistas otimistas dizem que seremos líderes mundiais até 2050.

Todos esses dados e estatísticas só nos fazem acreditar que sem marketing digital o setor agropecuário dificilmente conseguirá alcançar as marcas desejadas.

Sabendo que esse é um setor tão fundamental e que o Brasil tem uma margem enorme de trabalho e aumento de resultados, a TRIWI se destaca como pioneira em marketing digital para agropecuário!

Atuamos com uma consultoria específica dentro de seu segmento de atuação agro. Isso quer dizer que, seja seu negocio sobre cultivos, gado, fertilizantes ou até pesticidas; tenha um plano de ação elaborado por quem sabe do que está falando!

Entre em contato conosco, agende uma reunião on-line, por telefone, ou até presencial e saiba tudo que podemos fazer para ver seu negócio crescer!

ESPERE!

RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS E AGENDA DE WORKSHOPS​