Como construir uma presença digital para sua marca

Ter presença uma presença digital é essencial para qualquer negócio. Afinal, você já deve ter percebido que as pessoas estão cada vez mais conectadas. A internet não mudou apenas a maneira em que as pessoas se comunicam, ela também trouxe novos hábitos de consumo para a maioria delas. 

Com certeza, se o seu negócio não está no ambiente digital, além dele não existir, você ainda está deixando de ganhar dinheiro. Quer saber o porquê?

Continue lendo este artigo para descobrir como você pode construir sua presença digital de forma certa.

Por que eu realmente preciso construir uma presença digital para minha marca?

Algumas pessoas adoram pensar em novas maneiras criativas de destacar sua empresa no Instagram e no Twitter. Outros olham para as mídias sociais como se fosse uma fronteira selvagem sem regras, com um poço profundo de tempo perdido que raramente produz resultados.

Se você tem compreensão firme das mídias sociais, uma presença digital ajuda na consistência.

Se você se afastar das mídias sociais, uma presença digital faz com que você pareça muito mais gerenciável. 

Veja porque uma presença digital é tão importante:

  • Ajuda a desenvolver a sua marca e adiciona personalidade a ela.
  • Há menos espaço para erro quando você tem uma presença digital para mostrar o que postar.
  • A presença digital acelera o processo de criação e publicação de conteúdo, já que você tem uma referência o tempo todo.
  • Torna o seu conteúdo memorável em comparação com as contas que não têm consistência e usam um layout aleatório.
  • Você tem uma chance menor de erros com a gramática, a ortografia e outros  elementos que podem fazer com que sua marca pareça menos profissional.
  • Permite que você nunca esqueça elementos importantes, como hashtags e menções.
  • Há uma hipótese menor de problemas com a formatação, como se fizesse upload de um vídeo ou imagem que é esticada fora de proporção.
  • Você pode evitar clientes insatisfeitos ou problemas legais, pois o guia abrange áreas como conteúdo delicado.

Agora que você já entendeu a importância de ter uma presença digital para sua empresa, o próximo passo é montar sua própria presença digital.

Vamos lá!

Partes essenciais de uma presença digital 

Você pode argumentar que alguns desses elementos são mais importantes que outros, mas a chave é incorporar todos eles na sua presença digital.

Aqui estão os principais componentes que gostamos de incluir em todas as presenças digitais:

  • Voz e tom gerais;
  • Formatando postagens;
  • Manipulação de hashtags;
  • Manuseando emojis;
  • Notícias e publicações no blog;
  • Ortografia e gramática adequadas;
  • Um detalhamento para referência rápida.

1.  Voz e tom gerais

Todas as marcas assumem personalidades. Essa personalidade geralmente vem das pessoas que postam artigos, vídeos e outros tipos de mídia. No entanto, você também pode estabelecer uma personalidade definindo como gostaria que sua voz e tom soassem, de modo a alcançar melhor seus clientes ideais.

A voz da sua empresa é a aparência da personalidade definindo como gostaria que sua voz e tom soassem, afim de alcançar melhor seus clientes ideias e as diferentes maneiras pelas quais sua voz é usada.

Por exemplo, uma empresa pode normalmente ter uma voz otimista e divertida. O tom usa essa voz, mas muda com base no que você está tentando realizar. Por exemplo, o tom de um anúncio pode ter uma voz divertida, mas está no tom de um vendedor.

O objetivo é encontrar sua voz e garantir que ela combine com os tipos de produtos e serviços vendidos.

2. Formatando postagens 

Sua presença digital deve incluir uma seção para formatação. Todas as redes sociais exigem formatação ligeiramente diferente, portanto, fique à vontade para ajustar isso dependendo do que você usar. 

Aqui estão as diretrizes de formatação que sugerimos, em geral:

  • Atentem-se as maiúsculas e minúsculas em todas as redes;
  • Vá direto ao ponto com a primeira frase;
  • Mantenha o texto em uma ou duas frases;
  • Considere marcadores quando possível;
  • Divida as frases em parágrafos separados;
  • Coloque um emoji no máximo de postagens possíveis, a menos que sua voz não exija;
  • Encurte todos os links;
  • Mantenha espaço para hashtags e menções, mas não perturbe a postagem com elas; 
  • Agregue valor à mídia.

3. Formatos de mídia 

A mídia vem em todas as formas e vários tipos de mídia são permitidos nas redes sociais. A sua presença digital estabelece o tipo de mídia que é gerenciável e apropriada para sua marca.

Decida o seguinte:

  • Esse tipo de mídia é útil para representar nossa voz e tom?
  • Essa mídia é gerenciável? (Demora muito tempo para fazer? Podemos pagar?)
  • Estamos cientes das diretrizes de formatação para cada tipo de mídia em cada rede usada?

Quanto às diretrizes gerais de mídia, considere o seguinte:

  • Escolha um software que ofereça modelos e ferramentas de design. Personalize os mesmos modelos repetidamente.
  • Inclua logotipos na mídia sem exagerar.
  • Torne seu talento o mais natural e diversificado possível – para pessoas em vídeo e fotos. Evite fotografias brega.
  • Faça uma lista das plataformas de mídia social que planeja usar e não desvie disso.
  • Sempre mantenha as mesmas fontes e cores. 
  • Considere o conteúdo gerado pelo usuário que transmite sua mensagem e voz.

4. Manipulação e hashtags 

A criação de conversas e o lançamento de campanhas geralmente se baseiam no uso de hashtags. 

As hashtags estão disponíveis em uma ampla variedade de sites sociais, mas às vezes é fácil ficar longe da sua voz.

Aqui estão algumas dicas para usar hashtags certas para sua presença digital:

  • Uma hashtag deve ser relevante para a postagem.
  • Uma hashtag deve seguir a voz e o tom da sua marca.
  • Mantenha no máximo duas hashtags no Twitter; o número ideal de hashtags é um.
  • Pule hashtags no Facebook, pois elas não são muito usadas,
  • Considere uma ou duas hashtags no corpo de suas postagens do Instagram. Mais hashtags podem ser usadas nos comentários para ocultá-las.
  • Mantenha cinco ou seis hashtags no Pinterest. 

5. Manuseando Emojis 

Os emojis nem sempre precisam fazer parte de sua estratégia social. Mas não há maneira melhor de injetar uma sensação de vibração e personalidade em suas postagens.

Mas cuidado, o uso de emojis devem sempre estar alinhados com a personalidade de sua área, afinal um advogado provavelmente não gostaria que os emojis fossem usados regularmente e alguns gerentes de marketing social podem exagerar algumas vezes. 

Aqui estão algumas dicas para emojis:

  • Verifique se todos os emojis são relevantes para a marca e postagem. Você não está procurando enchimento.
  • Tente manter os emojis no final de cada postagem. Às vezes, eles trabalham no meio, mas na maioria das vezes isso causa uma distração na leitura.
  • Não há necessidade ou opção de emojis no Linkedln, Pinterest e algumas outras redes.
  • Coloque emojis do Instagram regularmente em postagens e respostas.
  • Use emojis do Facebook de maneira liberal. Atente-se ao final das postagens.
  • Você pode usar com muitos emojis em tweets e respostas no Twitter, a menos que não esteja alinhado com sua voz.

6. Postagens de notícias e blogs 

Notícias do mundo exterior são complicadas nas mídias sociais. A menos que você esteja publicando uma revista de notícias de última hora, provavelmente deseja evitar esse tipo de conteúdo. Não há nada pior do que compartilhar um artigo com informações erradas; portanto, é melhor aguardar até que todas as informações estejam prontamente disponíveis antes de você publicar notícias. 

Dito isto, inclua uma parte do seu guia de estilo que informe os gerentes sociais sobre as postagens. Em raras ocasiões, você pode postar notícias totalmente da marca e muito revisadas.

Suas próprias postagens no blog são uma história diferente. Para isso, temos duas regras para a presença digital:

  1. Atente-se principalmente ao conteúdo sempre-verde que permanecerá relevante nos próximos anos.
  2. Use uma ferramenta de gerenciamento de mídia social para agendar atualizações sobre postagens de blog em várias plataformas.

Com o agendamento automatizado, você compartilha suas postagens no blog, mas não precisa gastar tempo formatando e publicando nas mídias sociais.

7. Ortografia e gramática adequadas

Erros de ortografia e gramática são comuns nas mídias sociais. O único problema é que as pessoas ainda se encolhem ao vê-los.

Não deixe sua marca obter uma reputação de gramática ou ortografia ruim, apenas porque este é um meio menos formal do que, digamos, um artigo de revista.

Conclusão 

Presenças digitais podem variar drasticamente, e isso faz com que sua marca se destaque. No tanto, existem algumas coisas que toda presença digital deve considerar:

  • Voz da marca
  • Pós-formatação
  • Formatação de mídia
  • Como usar hashtags
  • Compartilhando notícias da empresa e postagens do blog
  • Interagindo com notícias externas 
  • Regras de ortografia e gramática (por exemplo, se você usa inglês)
  • Um rápido detalhamento para que os membros de equipe possam ver todas as regras rapidamente. 

Para mais dicas como essas, continue acompanhando nossos posts!

JUNTE-SE A NOSSA LISTA VIP

Junte-se a mais de 150.000 pessoas que recebem nossos conteúdos e agendas de workshop

COMPARTILHE CONHECIMENTO

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

ESPERE!

RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS E AGENDA DE WORKSHOPS​